ABRAMALA

Associação Brasileira de Malabarismo e Circo

 

Foi fundada no dia 19 de dezembro de 2014 a
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MALABARISMO E CIRCO - ABRAMALA 

Após 16 anos de articulações e finalizando com 6 dias de reunioes e decisoes técnicas e jurídicas , terminamos de escrever uma carta de intenções, um estatuto e uma ata de fundação, que serão devidamente registrados nos próximos dias.

Em Assembléia foram escolhidos a mesa diretora , o conselho fiscal e os suplentes. 

Mas o mais importante é que mais de 100 malabaristas assinaram a ata e são associados fundadores, gerando legitimidade à organização.
 



As reuniões foram entre 10:00 e 11:00 no café da manhã
nos dias 16, 17, 18 e 19 para :
   1º discussão e aprovação do Estatuto,
   2º estruturação de um grupo que assumisse a Diretoria e o Conselho Fiscal (esse grupo estabeleceu objetivos e metas comuns buscando uma coesão interna e a partir disso definiu cargos, sede, entre outros); 

   3º Eleição em Assembleia.

   Não perdemos a oportunidade de dar esse passo decisivo na organização e fortalecimento do circo, principalmente de certos setores e grupos que não se sentiam representados pelas associações já existentes.

   Buscamos o máximo de publicidade e transparência das reuniões para também alcançarmos o máximo de representatividade regional no país.

CARTA DE PRINCIPIOS – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MALABARISMO E CIRCO

 

A Associação Brasileira de Malabarismo e Circo “ABRAMALA” - fundada em 2014 na 16ª Convenção Brasileira de Malabarismo, Circo e Palhaço -  tem com finalidade organizar as ideias acerca da CBMCP e de possíveis desdobramentos que possam ter a partir dela.

 

O objetivo geral da organização é potencializar e qualificar os processos e movimentos de Circo no Brasil. O objetivo específico é estruturar, dar suporte e criar mecanismos que contribuam com o desenvolvimento e a manutenção da CBMCP, com a estruturação do evento e suas dinâmicas de produção e com a formação de novas lideranças e atores sociais.

 

Os representantes da organização comparecerão a eventos, encontros, seminários e outras convenções para levar as reflexões e ações do grupo adiante. Para sinergizar a associação com as diferentes iniciativas e instâncias do movimento do circo, a diretoria terá também a função de ouvir, argumentar e dar visibilidade para as discussões do universo circense e também fomentar debates no âmbito político, social e artístico,  assim visa contribuir com as políticas públicas para o circo no Brasil, bem como dar voz e visibilidade para eventuais casos e discussões específicas.

 

A associação deve ter autonomia para gerir seus cronogramas, agenda e projetos dentro dos termos apontados pelo estatuto elaborado. Contudo reinteramos que a Assembléia Geral Extraordinária que deve acontecer anualmente nas Convenções são instância máxima para toda e qualquer decisão do grupo.

 

A ABRAMALA carrega o Malabarismo como carro chefe do nome reforçando a identidade do movimento que surgiu a partir do 1º Encontro Internacional de Malabares Circo e Percursão do Brasil que foi se abrindo para hoje integrar e busca conectar todas as linguagens do circo na sua grade de programação.

 

A ABRAMALA e' uma organiza'cao que nao tem fins lucrativos, 'e destinada prioritariamente para garantir a continuidade e qualidade da convencao.

 

Princípios básicos que norteiam essa associação:

 

- A ética profissional e o respeito a todos os atores sociais do ramo;

-A abertura e democratização das decisões da ABRAMALA para processos participativos e colaborativos em suas comissões;

- Se colocar como uma prestadora de serviços de utilidade pública para o circo e a CBMCP;

- Ser dinâmica, de forma que acompanhe as demandas do movimento, buscando compreender as adaptações necessárias para se cumprir com as metas e objetivos do grupo;

-  Articular o movimento para a prestação de serviços de interesse público para a comunidade do circo;

- Promover a formação de novos agentes sociais e políticos do circo;

- Desenvolver e compartilhar as tecnologias sociais de gestão e produção que contribuam com o projeto;

- Dar suporte para que a equipe de produção executiva de cada ano tenha acompanhamento, base, informação, acesso a documentos, dentre outras ações;

- Sistematizar e publicar informações a respeito do projeto e todos os seus desdobramentos;

- Incentivar a integração das diversas linguagens que compões o circo, visando a aproximação de nichos e agentes sociais;

- Garantir a continuidade do projeto e a qualificação do mesmo a cada ano;

- Incentivar as conexões e o desenvolvimento de projetos colaborativos que contribuam com a formação de público, artistas, produtores e agentes culturais do circo.